Anterior

ANTERIOR

Bolsonaro participa de culto em ações de graça pelo aniversário do Pr José Wellington

06/10/2020

Próximo

PRÓXIMA

SENAMI realiza o 1º simpósio online `Eu Faço Missões´

14/10/2020

Assembleia de Deus

Morre o Pastor José de Oliveira Fernandes

Membro fundador da Assembleia de Deus Tradicional no Amazonas, o ex-prefeito de Manaus faleceu por complicações da Covid-19

Da Redação do CPAD News | 13/10/2020 - 11:00
Morre o Pastor José de Oliveira Fernandes

“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé” (2Tm 4.7)

O pastor e doutor José de Oliveira Fernandes faleceu no dia 12 de outubro, por complicações da Covid-19. Membro fundador da Assembleia de Deus Tradicional no Amazonas, ele foi prefeito da capital amazonense no período de 1979 a 1982. Além do cargo, pastor Fernandes também foi deputado federal e secretário de Estado. Advogado e economista, pastor José Fernandes  também lecionou na rede pública de ensino.

O atual prefeito de Manaus, Arthur Neto, decretou luto oficial na cidade nos próximos dias. “Com muita tristeza, recebi essa notícia. A trajetória política de José Fernandes está marcada na história da nossa cidade e seu legado é um modelo de administração pública, que foi pautado pela seriedade e pela dedicação em prol dos que vivem em Manaus e do progresso da nossa cidade, algo que busco seguir”, lamentou.

Na igreja, desde jovem irmão José Fernandes se destacou como músico, integrando a banda de música como trombonista e acordeonista; e na União de mocidade. Ele manteve incólume a sua fé em Deus diante das circunstâncias adversas da vida, recordando sempre da infância difícil no interior do Amazonas.

Pastor José Fernandes, que iria completar 77 anos no dia 1 de dezembro de 2020, era irmão do ex-deputado estadual Miquéias Fernandes, que recentemente também foi vítima do Covid-19.

Ele deixa viúva a irmã Cleide Fernandes, além de filhos e netos.

Um de seus hinos preferidos, que sempre cantava, diz: “Eis que caminhando num deserto, onde água não temos pra beber, ah quem me dera chegar em Sião antes de anoitecer”.