Anterior

ANTERIOR

Sede da Ancine será transferida para Brasília, diz Bolsonaro

19/07/2019

Giro pelo Brasil

Mais dois suspeitos de envolvimento no massacre em Suzano são presos

Há informações de que um dos presos nesta quinta teria vendido a arma usada no ataque

Redação CPADNews/ Com informações do G1 - Foto: Cassio Andrade/ TV Diário | 11/04/2019 - 15:00
Mais dois suspeitos de envolvimento no massacre em Suzano são presos

Foram presos na manhã desta quinta-feira (11) mais dois suspeitos de envolvimento no massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, que deixou 10 mortos no dia 13 de março, incluindo os dois assassinos. Na tragédia, mais 11 pessoas ficaram feridas e todas já tiveram alta do hospital.

A Polícia Civil recebeu informações iniciais de que um dos dois homens presos nesta quinta, teria vendido a arma usada no ataque. O motivo da segunda prisão, não havia sido esclarecido, até o fechamento desta matéria.

A Justiça de Suzano decretou a prisão temporária do homem, conhecido como Cabelo, por 30 dias. Segundo a polícia, ele tem cerca de 50 anos, e foi preso na zona rural de Suzano.

Rastros deixados pelos dois assassinos em redes sociais, celulares e em suas casas permitiram que a polícia chegasse a Cabelo, segundo os investigadores.

O delegado Alexandre Dias informou que encontrou evidências do envolvimento do menor que está apreendido na Fundação Casa desde 19 de março, no planejamento do crime . “Foram apresentadas provas de conteúdo cibernético que indicava a participação desse menor na criação do delito. Há provas testemunhais. As investigações apontam que ele é mentor intelectual junto com outro assassino menor de idade.”

Para o delegado, "ele comprou objetos, objetos que poderiam fazer ele participar daquele delito".