Anterior

ANTERIOR

Morre mais uma vítima do incêndio no Hospital Badim

09/10/2019

Giro pelo Brasil

Governo deve liberar R$ 63 bi das contas do FGTS e PIS, diz jornal

Segundo jornal `Valor Econômico´, governo deve anunciar nesta quinta-feira liberação de contas ativas e inativas do FGTS e recursos do PIS/Pasep

Fonte: R7 / Foto: Marcos Correa/PR/Agência Brasil - 17/05/2017 | 17/07/2019 - 11:25
Governo deve liberar R$ 63 bi das contas do FGTS e PIS, diz jornal

A equipe econômica do governo Bolsonaro deve liberar o saque de contas ativas e inativas do FGTS e liberar recursos do PIS/Pasep como forma de estimular o consumo das famílias e impulsionar a economia, informa o jornal Valor Econômico. De acordo com o jornal, o ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende divulgar nesta quinta-feira (18) as regras para liberação desses recursos.

A expectativa é liberar R$ 42 bilhões do FGTS e R$ 21 bilhões do PIS/Pasep. Em maio, o ministro já havia acenado com a possibilidade de liberar o saque do FGTS depois que a reforma da Previdência fosse adiante. A votação da reforma já foi aprovada em primeiro turno na Câmara na semana passada. A segunda votação foi marcada para agosto.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a liberação dos saques do FGTS seria escalonada: quem tem até R$ 5.000 no fundo poderia resgatar 35% do saldo, e quem tem até R$ 10 mil poderia sacar até 30%. De R$ 10 mil a R$ 50 mil a proporção não teria sido definida e acima de R$ 50 mil, o saque seria de 10% do saldo do FGTS, informa o jornal. 

Em 2017, o governo Michel Temer liberou o saque de contas inativas do FGTS num total de R$ 44 bilhões. Cerca de 25,9 saque fgts milhões de trabalhadores retiraram o dinheiro das contas do Fundo na ocasião.

Procurados, o Ministério da Economia e a Caixa Econômica Federal ainda não se pronunciaram.