Anterior

ANTERIOR

Secretaria de Estado de Saúde realiza neste sábado o Dia D em cinco locais

31/01/2020

Próximo

PRÓXIMA

Campanha `Tudo Tem Seu Tempo´ vai combater gravidez precoce

06/02/2020

Giro pelo Brasil

Cedae retoma tratamento após detectar detergente no Guandu

Tratamento foi interrompido na segunda-feira (3) após empresa detectar detergente na água bruta que chega à Estação de Tratamento do Guandu

Fonte: R7 / Foto: Reprodução/Record TV Rio | 04/02/2020 - 11:10
Cedae retoma tratamento após detectar detergente no Guandu

A Cedae (Companhia Estadual de Águas e Esgoto) retomou o tratamento e produção de água na ETA (Estação de Tratamento de Água) do Guandu, na Baixada Fluminense, por volta das 9h desta terça-feira (4). A empresa tinha interrompido o tratamento na segunda-feira (3) após detectar um grande volume de detergentes na água bruta que chega à estação de tratamento.

Segundo a empresa, as comportas do canal principal foram abertas após técnicos constatarem que não há risco na operação.

O abastecimento foi retomado de forma gradativa, mas em algumas regiões, o restabelecimento completo pode levar até 72 horas.

Apesar do volume de detergente encontrado, a Cedae diz que a qualidade da água não foi afetada, já que o protocolo de segurança foi acionado e a operação da estação interrompida.

A Agenersa (Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Rio de Janeiro) e o Inea (Instituo Estadual do Ambiente) foram informados para iniciarem os procedimentos. Nesta manhã, agentes das duas instituições e da Polícia Civil estiveram na ETA.