Anterior

ANTERIOR

Trump diz que rejeitou matar pessoas para retaliar Irã

21/06/2019

Giro pelo Mundo

Cristina Kirchner é processada por manter documentos em casa

Ex-presidente é acusada de `encobrir´ material histórico, como prontuário do ex-presidente Hipólito Yrigoyen e carta de José de San Martín

CPAD News / com informações agências internacionais / Foto: EFE/Leo La Valle 01.03.2007 | 11/03/2019 - 16:25
Cristina Kirchner é processada por manter documentos em casa

A ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner foi processada nesta segunda-feira (11) por manter em casa documentos históricos, encontrados durante uma operação de busca e apreensão em um imóvel no sul do país. Ela está sendo acusada pelo Juiz Claudio Bonadio.

A senadora mantinha em sua residência um prontuário do ex-presidente Hipólito Yrigoyen (1916-1922 e 1928-1930) e uma carta que o libertador José de San Martín escreveu, na França, para o chileno Bernardo O'Higgins em 1835.

Segundo a investigação, o prontuário é um "dossiê de museu" que deveria ser conservado pela Polícia Federal da Argentina. Já a carta foi furtada em 1981, no Chile, de um lote completo de correspondências trocadas entre San Martín e O'Higgins.