Anterior

ANTERIOR

População da Itália poderá usar pulseira eletrônica como `arma´ contra coronavírus

14/05/2020

Próximo

PRÓXIMA

Empresa dos EUA tem resultados promissores em primeiro teste com humanos

18/05/2020

Giro pelo Mundo

Laboratório americano anuncia anticorpo que funciona 100% contra a Covid-19

Funcionários da Sorrento Therapeutics acreditam ter encontrado a chave para um tratamento bem-sucedido para a Covid-19

Fonte: Guiame/ Com informações da Fox News - Foto: Reprodução/Sorrento Therapeutics | 18/05/2020 - 12:40
Laboratório americano anuncia anticorpo que funciona 100% contra a Covid-19

Uma empresa biofarmacêutica da Califórnia afirma ter descoberto um anticorpo que poderia proteger o corpo humano do coronavírus e liberá-lo do sistema de uma pessoa em quatro dias, segundo informa a Fox News.

Na sexta-feira (15), a Sorrento Therapeutics anunciou a descoberta do anticorpo STI-1499, que a empresa, instalada em de San Diego, disse que pode fornecer "100% de inibição" da Covid-19, acrescentando que um tratamento poderá estar disponível meses antes de a vacina chegar ao mercado.

"Queremos enfatizar que existe uma cura. Existe uma solução que funciona 100%", disse à Fox News o Dr. Henry Ji, fundador e CEO da Sorrento Therapeutics. "Se tivermos o anticorpo neutralizante em seu corpo, você não precisará do distanciamento social. Você pode abrir uma sociedade sem medo".

As indústrias de assistência médica e farmacêutica têm se esforçado para desenvolver vacinas viáveis ??e tratamentos com anticorpos, já que o número de mortes relacionadas à Covid-19 deve atingir 100 mil nos EUA em 1 de junho.

Tratamentos com anticorpos

Muitos pesquisadores médicos estão se esforçando para encontrar anticorpos, otimistas de que poderiam fornecer um remédio ou atendimento preventivo em menos tempo do que o necessário para desenvolver uma vacina.

Os tratamentos com anticorpos têm sido usados nos últimos 100 anos como forma de evitar infecções, mas sua eficácia teve resultados mistos. Encontrar um anticorpo bem sucedido ou tratamento com plasma convalescente para Covid-19 pode apresentar desafios.

"Os médicos estão recebendo plasma sanguíneo de pacientes que se recuperaram do Covid-19 e injetando-o naqueles que estão gravemente doentes. O plasma está repleto de anticorpos, e a abordagem mostra alguma promessa", escreveu o ex-comissário da Administração de Alimentos e Medicamentos, Scott Gottlieb. um artigo recente do Wall Street Journal. "A restrição: não há plasma suficiente de pacientes recuperados para circular".

Alguns médicos especialistas acreditam que, embora a pesquisa de anticorpos seja promissora, há preocupações quanto ao tempo que os efeitos podem durar no combate ao vírus em um paciente infectado.

"Os anticorpos, em geral, têm sido muito eficazes em reduzir os [níveis] de vírus se você tiver um alto ônus de infecção", Phyllis Kanki, professora de imunologia e doenças infecciosas na Harvard T.H. Chan School of Public Health, disse em uma entrevista recente. "Existem limitações quanto você pode dar e por quanto tempo."