Anterior

ANTERIOR

OMS alerta para `taxas alarmantes´ de casos de covid na Europa

21/09/2020

Giro pelo Mundo

Putin anuncia que Rússia registrou a primeira vacina contra o coronavírus

Vacina será distribuída em 1 de janeiro de 2021, de acordo com o registro nacional de medicamentos do ministério da Saúde

Fonte: O Dia / com informações AFP / Foto: AFP | 11/08/2020 - 11:30
Putin anuncia que Rússia registrou a primeira vacina contra o coronavírus

Na terça-feira (04), a explosão de 2.750 toneladas de nitrato de amônio armazenadas de forma insegura em um armazém portuário deixou mais de 220 mortos e 7.000 feridos em Beirute, no Líbano.

Conforme informações prestadas pelo governador de Beirute, Marwan Abboud, há ainda 110 desaparecidos e 300 mil imóveis destruídos ou danificados.

A Rússia desenvolveu a primeira vacina contra o coronavírus, que provoca uma "imunidade duradoura", declarou nesta terça-feira o presidente Vladimir Putin durante uma videoconferência com integrantes do governo exibida pela televisão.

"Esta manhã, pela primeira vez no mundo, foi registrada uma vacina contra o novo coronavírus", disse Putin. "Sei que é bastante eficaz, que dá uma imunidade duradoura", completou.

Nas semanas prévias ao anúncio, cientistas estrangeiros expressaram preocupação com a rapidez da criação de uma vacina deste tipo, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu respeito às diretrizes estabelecidas e que a Rússia seguisse "todos os estágios" necessários para desenvolver uma vacina segura.

Putin afirmou inclusive que uma de suas filhas tomou a vacina.

"Uma das minhas filhas tomou esta vacina. Acho que ela participou nos experimentos", disse Putin, segundo a agência Interfax, antes de acrescentar que ela teve um pouco de febre e "nada mais".

A vacina será distribuída em 1 de janeiro de 2021, de acordo com o registro nacional de medicamentos do ministério da Saúde, consultado pelas agências de notícias russas.