Anterior

ANTERIOR

Palestina deseja negociar ´acordo de paz´ com Israel, com mediação de Trump

23/11/2017

Universo Cristão

Mãe entrega Bíblia ao assassino de sua filha: `Pelo poder de Jesus, eu o perdoei´

Leannda Bruck disse que não poderá se esquecer do assassinato de sua filha, mas disse que espera que Jesus restaure a vida do homem que a matou

Fonte: Guia-me / com informações Tucson News Now | 14/07/2017 - 14:05
Mãe entrega Bíblia ao assassino de sua filha: `Pelo poder de Jesus, eu o perdoei´

Um estuprador e assassino condenado no estado de Michigan (EUA) viu a mãe de sua vítima ter uma reação um tanto inusitada no dia em que ele recebeu sua sentença no Tribunal. 

Leannda Bruck - mãe da jovem assassinada por Daniel Clay, de 27 anos - disse no Tribunal que perdoa o criminoso e deu uma Bíblia ao rapaz. Ele disse que não irá dispensar o presente, que marcou o emocionante momento de perdão naquela corte.

Leannda aproveitou a oportunidade para deixar para o assassino de sua filha, uma mensagem de esperança, baseada no próprio Evangelho.

"Senhor Clay, estou te dando uma Bíblia. Jesus veio para restaurar as nossas vidas bagunçadas e espero que você O deixe entrar em sua vida para ajudar a limpar toda a bagunça dela", disse Leannda Bruck ao assassino, enquanto lia uma carta no Tribunal e entregava a Bíblia ao condenado.

Leannda perdeu sua filha Chelsea, quando a moça tinha apenas 22 anos de idade.

A mãe ainda destacou que não foi simplesmente uma força interior dela que a motivou a perdoar Clay, mas sim o poder de Jesus Cristo que a levou a fazer isso.

"Hoje, com a força de Jesus Cristo, eu perdoo Daniel Clay, porque se eu não o fizer, tudo o que aconteceu [assassinato de Chelsea] vai destruir minha vida. Mas perdoar não é se esquecer, porque se eu me esquecesse, iria significar que Chelsea não era importante", disse ela.

Chelsea foi assassinada na noite em que foi a uma festa de Halloween, em 2014. Seu corpo foi encontrado seis meses depois.

"Ainda esperamos que ela entre pela porta dos fundos da nossa casa", disse Leannda sobre sua filha.

Clay foi condenado à prisão perpétua, sem direito a liberdade condicional.