Anterior

ANTERIOR

Garotinho fica em ala separada de Sérgio Cabral e Jorge Picciani

23/11/2017

Universo Cristão

Pastor e caminhoneiro se unem para ajudar famílias afetadas pelos furacões nos EUA

Caminhoneiro Rob Stock tem colocado sua frota e uma equipe de voluntários à disposição de uma ONG cristã para distribuir suprimentos

Fonte: Guia-me / com informações da People | 13/09/2017 - 11:30
Pastor e caminhoneiro se unem para ajudar famílias afetadas pelos furacões nos EUA

Como o co-proprietário da segunda geração de uma empresa de transporte rodoviário, Rob Stock sabia que ele tinha recursos para ajudar as vítimas do furacão Harvey. Então, ele se colocou à disposição para distribuir doações de suprimentos e espera passar um dia viajando com um ou dois caminhões pela área de Houston, ajudando famílias prejudicadas pelas tempestades.

Em duas semanas de desenvolvimento deste projeto solidário, mais de 300 toneladas de suprimentos e 360.000 refeições pré-embaladas foram entregues às famílias necessitadas.

Desde que começou a desenvolver este projeto solidário, Rob e um grupo de funcionários e voluntários transportaram 18 cargas de doações para várias cidades do Texas. Entre essas cargas: 25 toneladas de fardos de garrafas de água, dezenas de milhares de pacotes de fraldas e 30 fardos redondos de feno, destinados às instalações rurais, como as do 'Fair Fair and Rodeo', do Condado de Galveston, que serve como abrigo improvisado para animais.

"Tudo começou com uma publicação no Facebook em 28 de agosto. Esse post foi compartilhado mais de 500 vezes e a campanha 'Stock the Trailer' foi iniciada", contou o caminhoneiro à People.

No final de semana passado, ele tinha mais seis cargas prontas para serem entegues - três vão para o Texas, enquanto os moradores começam a reconstruir suas casas e três dirigiram-se para o sul da Flórida, para ajudar a população afetada pelo furacão Irma.

Grande parte do sucesso da campanha se deve também a uma conexão casual com Luke Levine, Pastor Associado da Igreja Pentecostal Apostólica em St. Louis, capelão do Departamento de Polícia de Arnold e coordenador voluntário do setor de 'Alívio de Desastres' da Compassion Services International (CSI).

"Eu estava coordenando um esforço através do nosso escritório de St. Louis e ele estava coordenando algo semelhante em Illinois", contou Levine à People.

Levine viu nesta "semelhança", a possibilidade de uma grande e relevante parceria. Stock tinha os caminhões e a mão-de-obra para transportar várias toneladas de suprimentos, enquanto Levine e a Compassion apresentavam uma ampla rede de contatos, incluindo mais de 200 igrejas no Texas, que precisavam desses suprimentos para atender às famílias necessitadas.

"Nós nos associamos com igrejas, estações de bombeiros e estações de polícia e nosso objetivo era preencher inicialmente a caçamba de um caminhão pequeno, de seis metros de comprimento", disse Levine. Com a ajuda de Rob e sua equipe, "acabamos enviando cinco caminhões para as igrejas. Foi rápido e furioso".

Juntos, Rob e Levine concentraram-se em identificar e servir as áreas em grande parte que não são alcançadas por organizações como a Cruz Vermelha. Essas organizações de alto perfil normalmente lidam primeiro com áreas urbanas mais concentradas e com razão, uma vez que essas áreas possuem grupos muito maiores de pessoas necessitadas.

Já a Compassion, em vez disso, concentra-se em comunidades menores e mais nas áreas rurais, que às vezes acabam esperando semanas para receberem ajuda. A organização estabelece centros de distribuição em áreas remotas, onde voluntários em veículos menores, arrecadam e entregam as doações às vítimas.

"Alguns dos grupos que pudemos atender são as igrejas de língua hispana, onde os congregados são todos imigrantes a quem ninguém está prestando atenção", disse Levine. "Liguei para uma delas e perguntei ao pastor: 'Você precisa de suprimentos?' e Ele disse: 'Sim, nós não temos nada'. E isso já era seis ou sete dias depois do furacão Harvey atingir a região".

Durante as próximas semanas, Levine e a Compassion se concentrarão na organização em arrecadar mais doações e doar suprimentos em cidades do Texas, onde os moradores começarão a reconstruir; e em coordenar as necessidades mais imediatas daqueles na Flórida e outras áreas atingidas pelo furacão Irma.

Inspirado em parte por sua filha de 2 anos, Aurora Rose, a Stock diz que continuará os esforços de socorro enquanto forem necessários, apesar dos altos custos para sua empresa. Os esforços de alívio da Harvey, por si só, levaram a isso um total de US $ 17.000 em custos difíceis, como o pagamento de combustível e empregado, além de mais US $ 20.000 em receita que teria sido gerada através de operações comerciais normais.

"Essas pessoas perderam tudo - literalmente tiveram suas casas e vidas destruídas", disse Stock. "Eu só posso imaginar o que eu estaria passando naquela situação, tentando sustentar minha família. Meu sacrifício, enquanto algumas pessoas perderam tudo, parece minúsculo. Realmente parece".