Anterior

ANTERIOR

Homem desperta do coma após ter visão do céu e de Jesus

19/06/2018

Universo Cristão

Quase 80% dos brasileiros acham importante que o candidato tenha fé

Maioria dos brasileiros considera importante que o presidente do Brasil seja uma pessoa de fé

Fonte: Guia-me | 13/03/2018 - 13:50
Quase 80% dos brasileiros acham importante que o candidato tenha fé

Oito em cada dez brasileiros consideram importante que o candidato a presidente acredite em Deus, segundo uma pesquisa Ibope contratada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) divulgada nesta terça-feira (13).

De acordo com o levantamento, 79% dos entrevistados concordam que é importante que o candidato a presidente tenha fé em Deus. Esse percentual é menor entre os mais jovens (71%) e entre os que possuem maior grau de instrução (67%).

O percentual é maior entre os brasileiros que possuem até a 4ª série do ensino fundamental (89%). Apenas quatro em cada dez não consideram importante que um candidato seja da sua religião.

A pesquisa também observa que quanto menor o município de residência dos brasileiros, maior a predominância dos enxergam importância na fé do candidato.

Entre os residem em municípios com até 50 mil habitantes, 84% concordam com a afirmativa, percentual que cai para 79% entre os que residem em municípios entre 50 mil até 500 mil habitantes e chega a 74% entre os que residem em municípios com mais de 500 mil habitantes.

Características importantes

Além de valorizar a fé, a honestidade dos candidatos se destaca como a característica principal para os brasileiros, uma vez que “ser honesto, não mentir em campanha” foi considerado muito importante por 87% dos entrevistados.

Outro grupo de características mais apontadas pelos brasileiros é relacionado à postura dos candidatos. A maioria considera importante que o político nunca tenha se envolvido em casos de corrupção (84%), transmita confiança (82%), tenha pulso firme e seja decidido (78%), seja sério e tenha postura de presidente (76%).

Ser corajoso, ser uma pessoa simples e ser “gente como a gente” também foram consideradas características muito importantes por sete em cada dez brasileiros.