Anterior

ANTERIOR

Irã vive o crescimento mais rápido da igreja clandestina, dizem cristãos

17/10/2018

Universo Cristão

Pena de 10 anos de prisão de Yousef Nadarkhani é mantida

Advogado de defesa do pastor e outros três cristãos ex-muçulmanos apelou da sentença, mas pena foi mantida

Fonte: Portas Abertas | 16/05/2018 - 12:15
Pena de 10 anos de prisão de Yousef Nadarkhani é mantida

Em 6 de julho de 2017, quatro cristãos ex-muçulmanos haviam recebido pena de dez anos de prisão. São eles o pastor Yousef Nadarkhani, Mohammadreza Omidi, Yasser Mossayebzadeh e Saheb Fadaie. No último dia 2 de maio, o advogado que os representa recebeu uma ordem judicial confirmando a sentença dada a eles por organizar igrejas domésticas e promover “cristianismo sionista”.

Nadarkhani e Omidi também foram condenados a dois anos em exílio interno – Nadarkhani em Nik Shahr e Omidi em Borazjan. Ambos locais são no sul do país, longe de suas famílias, que vivem na cidade de Rasht. Os quatro acusados haviam passado por uma audiência de apelação em 13 de dezembro de 2017 no Tribunal Revolucionário de Teerã, na qual o advogado de defesa apresentou uma defesa oral e escrita, mas sem sucesso.

Três deles (exceto o pastor Nadarkhani) foram detidos em 13 de maio de 2016, quando participavam da ceia do Senhor, acusados de consumo de vinho. Em 10 de setembro de 2016, eles foram condenados a 80 chicotadas cada. O recurso contra esta sentença permanece pendente.

Pedidos de oração

-    Que Deus conforte os quatro homens e suas famílias.

-    Que não seja necessário o cumprimento dessas sentenças.

-    Que a Corte Revolucionária e os juízes do Irã parem de intimidar cristãos ex-muçulmanos e respeitem o direito de todos à liberdade de religião.

-    Que todos os oficiais envolvidos no caso ajam justamente, conheçam Jesus e o sigam.