Anterior

ANTERIOR

Terrorista grita `Alá é grande´ e mata pessoas em mercado de natal, na França

13/12/2018

Universo Cristão

Deportação, prisão e aumento de vigilância na Eritreia

Visita de pregador etíope resulta em represálias do governo

Fonte: Portas Abertas | 08/08/2018 - 14:30
Deportação, prisão e aumento de vigilância na Eritreia

A Eritreia deportou um pregador etíope que visitava o país, prendeu uma mulher suspeita de envolvimento com a visita e aumentou a vigilância de várias pessoas vistas com ele. Suraphel Demissie chegou à Eritreia no primeiro voo para o país da capital etíope, Adis Abeba, após o fim da inimizade de aproximadamente vinte anos entre os dois países.

Ao chegar, ele foi recebido por um animado grupo de cristãos que fez uma procissão barulhenta saindo do aeroporto. Após apenas três ou quatro dias da chegada, Demissie foi deportado. Ainda não há detalhes sobre as circunstâncias ocorridas ou razões declaradas para a deportação.

No início de agosto, autoridades prenderam Adiam, uma mulher eritreia suspeita de envolvimento com a visita de Demissie. Ela estava no aeroporto com a família pronta para deixar o país quando foi identificada. Além da prisão, marido e filhos foram proibidos de sair da Eritreia. Adiam, foi levada para a delegacia de polícia número 5, onde permanece em custódia. Muitos dos que foram vistos na comissão de recepção de Demissie estão sob crescente vigilância, fazendo com que precisem se esconder.

Cristãos presos na Eritreia

Você pode fazer a diferença na vida dos cristãos que estão presos na Eritreia. Com a sua doação, um cristão preso recebe durante um mês alimentos, medicação e literatura cristã. Além disso, também é oferecida assistência aos familiares.

Pedidos de oração

-    Ore pelos cristãos locais e estrangeiros para que ajam com sabedoria, evitando provocar a ira do governo.

-    Peça pela ação do Senhor em favor de Adiam enquanto ela permanece em custódia. Ore também pela graça e provisão de Deus para sua família.

-    Apresente também os outros cristãos que continuam presos por suas crenças religiosas na Eritreia. Peça para que recebam graça, conforto e encorajamento.