Anterior

ANTERIOR

Idosa diagnosticada com câncer é curada após orações: `Temos um Deus que nos protege´

08/11/2018

Próximo

PRÓXIMA

ANAJURE prorroga o prazo de inscrições do 5º Encontro Nacional de Juristas Evangélicos

08/11/2018

Universo Cristão

Jovem sobrevive a tiroteio enquanto orava: `Entreguei minha vida ao Senhor´

Kimberly Mendoza estava orando em seu quarto com as luzes apagadas quando foi atingida por uma bala perdida

Fonte: Guiame/ Com informações do Christian Post | 08/11/2018 - 12:10
Jovem sobrevive a tiroteio enquanto orava: `Entreguei minha vida ao Senhor´

Uma garota de 17 anos foi baleada enquanto orava a Deus dentro de seu quarto, no Texas (EUA). Agora, ela agradece a Deus por protegê-la depois que ela escapou com apenas um arranhão no braço.

"Eu me sinto ótima porque eu sei que Deus é tão grande e Ele cuida de mim. Eu sei que Deus é um juiz e eu sei que Ele vai faz algo por mim. Eu sou tão grata a Ele", disse Kimberly Mendoza à ABC 13.

Uma autoridade local disse à ABC 13 que o tiroteio aconteceu por volta das 11 da noite. Foi relatado que a jovem estava ajoelhada e orando quando uma bala atravessou a parede de sua casa. Eles acreditam que a bala foi disparada de um complexo de apartamentos perto de sua residência. O projétil parou no cobertor depois de passar pela cristã.

Kimberly Mendoza disse à ABC 13 que quando levou o tiro, não percebeu o que havia acontecido porque estava orando com as luzes apagadas. Ela simplesmente se levantou e correu depois que ouviu algo que soou como uma explosão.

Ela só percebeu que havia sido atingida quando foi até seu pai. "Quando eu estava com meu pai, eu disse a ele: 'Estou com medo. Meu braço está doendo muito'. E minha mãe acendeu a luz e viu o sangue", disse.

Foi quando a mãe ligou para a polícia e para o serviço de ambulância. Ela disse que estava com tanto medo depois do tiroteio que não queria voltar para seu quarto. Ela está confiante agora, no entanto, que Deus vai cuidar do problema e fazer algo por ela.

"Eu conheço a minha fé. Todo mundo pode rir de mim. Todo mundo pode dizer que eu sou cristão e dizer que sou esquisita ou algo assim. Mas eu me sinto bem porque Deus é tão importante para mim", disse ela.

"Eu amo a Deus. Sei que se morrer, posso ir para o céu com Ele. Sei que Ele cuida da minha família. Sinto-me tão bem com Ele", disse ela. Ela disse que algumas pessoas estavam dizendo que foi culpa de Deus o fato dela ter levado o tiro, mas Kimberly não vê dessa maneira.

"Ele me mostra muitas coisas e cuida de mim sempre. E eu sei que Ele me escolheu para algo grande. Quero dar a Ele minha vida", finalizou.