Anterior

ANTERIOR

`Não queremos culto cristão´, dizem nacionalistas hindus a pastores na Índia

23/08/2019

Universo Cristão

Cristão é multado e Novo Testamento é destruído

No Uzbequistão, polícia tem se dedicado a apreender materiais cristãos e multar quem estiver em posse deles

Fonte: Portas Abertas | 11/02/2019 - 08:20
Cristão é multado e Novo Testamento é destruído

No sudeste da cidade de Bucara, um tribunal multou um cristão, Shukhrat Sadarov, com aproximadamente o valor de duas semanas de salário por dar de presente um novo testamento na língua uzbeque. O juiz ordenou que o novo testamento fosse destruído. Policiais encontraram o livro durante uma busca na casa da pessoa que ganhou. As autoridades cometeram diversas ilegalidades ao longo do caso.

De acordo com a organização de direitos humanos Forum 18, após o final de setembro de 2018, a polícia invadiu uma reunião de um grupo de 40 protestantes na região de Tashkent, onde a “pressão psicológica” da polícia resultou em uma mulher e uma menina de 5 anos sendo hospitalizadas. O tribunal manteve as multas para 27 cristãos locais e deportações para quatro protestantes da Coreia do Sul.

Nenhuma acusação parece ter sido feita contra a polícia que efetuou a tortura, apesar de ser obrigação legal do Uzbequistão mediante a Convenção das Nações Unidas contra tortura e tratamentos ou punições cruéis, inumanas ou degradantes.

Outra grande invasão ocorreu em novembro do ano passado envolvendo a Guarda Nacional e outras agências em um encontro cristão para o culto matinal do domingo, no distrito de Yashnobod, na capital Tashkent. A polícia devolveu algumas literaturas cristãs confiscadas, entretanto, não devolveram a literatura infantil, hinários e partituras. As autoridades não parecem ter recebido nenhuma acusação ou outra ação contra os oficiais que agiram ilegalmente.

Pedidos de oração

- Ore pedindo que os cristãos no país tenham liberdade para possuir a Bíblia.
- Interceda em favor dos irmãos e irmãs que têm sido perseguidos por autoridades policiais.
- Peça que a polícia possa agir com justiça, garantindo a segurança de todos os cidadãos.