Anterior

ANTERIOR

Casamento como uma fuga bem-vinda para a mulher cristã marroquina

15/05/2019

Próximo

PRÓXIMA

Apesar da perseguição, pastor indiano segue no ministério

16/05/2019

Universo Cristão

Susanna Koh se encontra com Ministro do Interior da Malásia

Governo promete instaurar comissão que investigará má conduta da polícia nos casos de desaparecimento forçado

Fonte: Portas Abertas | 15/05/2019 - 17:00
Susanna Koh se encontra com Ministro do Interior da Malásia

Susanna Koh, esposa do pastor Raymond Koh, desaparecido na Malásia há mais de dois anos, teve uma reunião com o Ministro do Interior. O governo da Malásia se comprometeu a estabelecer uma Comissão Independente para Queixas e Má Conduta da Polícia (IPCMC, na sigla em inglês) antes do final do ano. Isso foi uma grande vitória, pois a Portas Abertas e outras pessoas e organizações estavam trabalhando em advocacy para isso.

No entanto, essa comissão é diferente da força-tarefa recomendada pelo inquérito da Comissão de Direitos Humanos da Malásia (Suhakam). A criação de uma IPCMC é discutida por mais de uma década no país, mas só agora está ganhando força no governo. Semana passada, a polícia concordou com a implementação da IPCMC, após anos de oposição e ameaças de ações contra a Comissão de Inquérito por publicar suas conclusões contra a polícia.

A IPCMC pode trabalhar nos casos de desaparecimento forçado, mas sua tarefa tem um âmbito muito mais abrangente do que a força-tarefa recomendada. Mesmo assim, continuamos pressionando o governo para estabelecer a força-tarefa recomendada pelo inquérito. Além do pastor Raymond Koh, o casal cristão Joshua e Ruth também estão desaparecidos, além do ativista muçulmano Amri Che Mat.

Para que a investigação continue avançando, os cristãos e as suas famílias, sequestrados na Malásia, contam com as orações. Clame para que Deus incline o coração das autoridades à justiça e que a verdade venha à tona. Continue intercedendo pelos familiares, para que sejam fortalecidos e consolados pelo Senhor em meio a essa luta.