Próximo

PRÓXIMA

Retirada das tropas americanas da Síria pode ter relação com profecia, diz Anne Graham

08/11/2019

Universo Cristão

Médico que fazia abortos revela momento em que tudo mudou: `Deus abriu meus olhos´

Haywood Robinson realizou centenas de abortos, mas mudou sua perspectiva após ser tocado pelo Evangelho

Fonte: Guia-me / com informações CBN News - Foto: 40 Days for Life | 08/11/2019 - 12:50
Médico que fazia abortos revela momento em que tudo mudou: `Deus abriu meus olhos´

Centenas de abortos foram realizados pelo Dr. Haywood Robinson nos Estados Unidos, até que um encontro com Deus transformou totalmente sua perspectiva.

Robinson, 66 anos, cresceu no sul de Los Angeles com o sonho de ser médico. Estimulado pela paixão pela medicina, ele entrou no treinamento de residência e aprendeu técnicas usadas no aborto.
“Foi quando aprendi a fazer o procedimento — dilatação e curetagem”, disse ele em entrevista ao “The Pure Flix Podcast”.

Robinson foi treinado na década de 1970, depois que a Suprema Corte dos EUA legalizou o aborto em todo o país.

“As clínicas de aborto estavam espalhadas por todo o sul da Califórnia”, disse Robinson. “Aprendi a fazer o procedimento em 1978 e passei três anos treinando em medicina familiar”.

Robinson conheceu sua esposa, Noreen, durante seu treinamento e os dois começaram a realizar abortos juntos. O procedimento foi realizado centenas de vezes, até que um momento poderoso, 33 anos atrás, mudou tudo.

As sementes da mudança começaram a dar frutos quando Robinson e Noreen se casaram e se mudaram para uma região conservadora — algo que tornou sua prática de aborto menos aceitável.

“Ser abortista não era algo compatível com a prática da comunidade”, disse ele. “Não estávamos mais envolvidos com o aborto, mas ainda acreditávamos nele”.

Frutos da mudança

Quando o casal foi a um culto em 1986 e o ??pregador fez um chamado para quem quisesse “estar bem com Deus”, Robinson ficou profundamente comovido. Até aquele momento, ele nunca ouviu o Evangelho e não sabia o que significava ser cristão.

“Eu simplesmente não conhecia a verdade do Evangelho”, disse ele, explicando como esse momento mudou tudo. “Eu sabia que algo estava diferente”.

Tornar-se um cristão transformou profundamente a visão de mundo de Robinson, levando ele e sua esposa a abandonarem a indústria do aborto e a se dedicarem à defesa da vida.

“[Deus] abriu nossos olhos para o quão hedionda é essa guerra contra bebês e Ele nos lançou em uma carreira pró-vida”, disse o médico.

Recentemente, Robinson se tornou diretor de assuntos médicos e educação da organização pró-vida 40 Days for Life, que organiza campanhas populares contra o aborto em mais de 60 países do mundo.

Ele acredita que os médicos quebraram “uma grande confiança humana” quando adotaram o aborto. “Você perde a sensibilidade quando o médico desumaniza aquele bebê dentro do útero e ele não se torna mais algo sagrado — não é mais uma vida humana preciosa”, disse ele.

O médico ainda ofereceu uma mensagem a qualquer pessoa que esteja procurando por uma mudança de vida: “Jesus entra e muda tudo. Nós nos tornamos uma nova criatura”, disse Robinson. “Ele transforma nossa mente e nos alinha à Sua palavra pelo Seu Espírito, por isso é uma nova vida”.