Anterior

ANTERIOR

`Deus mudou minha vida´, diz mulher após sobreviver a overdose em tentativa de suicídio

13/01/2020

Próximo

PRÓXIMA

Cristãos são condenados por propaganda contra governo do Irã

14/01/2020

Universo Cristão

Novo sultão pode mudar situação de cristãos em Omã

O antigo líder era responsável por não permitir o crescimento do extremismo islâmico no país

Fonte: Portas Abertas | 13/01/2020 - 17:00
Novo sultão pode mudar situação de cristãos em Omã

Omã passa por um período de transição após a morte do sultão Qaboos bin Said, de 79 anos, na última sexta-feira, 10 de janeiro. Ele liderou o país por 50 anos, após depor o pai do poder em 1970. Acreditava-se que o monarca era sinônimo de segurança e estabilidade do país, contra uma maior islamização das instituições políticas e aplicação da  sharia (conjunto de leis islâmicas). Sob influência britânica e com o apoio do Irã e da Jordânia, o governante derrotou insurgentes e modernizou o país usando os rendimentos provenientes do petróleo. Apesar de autoritário, Qaboos era apreciado por boa parte dos súditos.

No dia 11 de janeiro, a nação anunciou que o ministro da Cultura, Haithan bin Tariq Al Said foi escolhido para reger o país. Em um comunicado na televisão, o novo líder, que é primo de Qaboos, garantiu manter a política internacional baseada no bom relacionamento e sem interferência em outros países da região. Diplomata de carreira, Haithan foi um dos responsáveis por ampliar a influência de Omã. 

Omã ocupa a 44ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2019. Os cristãos do país são minoria; aproximadamente 198 mil pessoas. Eles são proibidos de evangelizar publicamente e, se desejam estabelecer uma igreja na nação, precisam ser registrados e autorizados pelo governo. Apesar de a Constituição permitir a liberdade religiosa, a crença precisa se submeter a costumes, políticas públicas e moral já convencionadas. A sociedade omani valoriza muito as relações tribais, e a conexão com a religião é essencial. Então, se um cidadão deixa o islamismo, vai enfrentar grande pressão por parte dos familiares e vizinhos.

Pedidos de oração

Interceda para que o novo sultão de Omã tenha sabedoria, entendimento e desejo de fazer do país um lugar mais justo para todos, independentemente de tribos e religiões.

- Ore pelos cristãos do país, para que eles sejam cheios de coragem, esperança e paz, sabendo que Deus está no controle de cada decisão que for tomada. Peça que eles sejam testemunhas vivas de Cristo.

- Clame pela sociedade omani, para que tenha os olhos e corações abertos para perceber a presenta de Jesus na nação. Que os cidadãos tenham um encontro verdadeiro com o salvador.