Anterior

ANTERIOR

Brancos se ajoelham em oração pedindo perdão a negros por `anos de racismo´

03/06/2020

Universo Cristão

Cristãos ajudam sobreviventes do Holocausto e imigrantes em meio à pandemia, em Israel

A Embaixada Cristã Internacional de Jerusalém está ajudando a alimentar centenas de idosos, além de patrocinar voos da Rússia e Etiópia para Israel

Fonte: Guiame/ Com informações do Charisma News | 25/03/2020 - 13:50
Cristãos ajudam sobreviventes do Holocausto e imigrantes em meio à pandemia, em Israel

Em meio aos esforços urgentes de Israel para combater a ameaça do coronavírus, a Embaixada Cristã Internacional de Jerusalém (ICEJ) está ajudando a alimentar e cuidar de muitos israelenses idosos confinados nas casas, incluindo centenas de sobreviventes do Holocausto, além de patrocinar vôos da Aliyah da Rússia e Etiópia que devem chegar ao país próximas 48 horas.

"Embora as medidas do governo para combater o coronavírus estejam afetando todo o país, estou feliz por ainda podermos ajudar Israel a superar essa crise de várias maneiras", disse o presidente da ICEJ, Dr. Jürgen Bühler. "Isso inclui empacotar e entregar caixas de alimentos para idosos e cuidar dos sobreviventes do Holocausto, como mostrado neste vídeo".

Na noite de domingo, um grupo de 26 imigrantes judeus russos patrocinado pelo ICEJ chegará em um voo de São Petersburgo e imediatamente entrará em uma auto-quarentena de duas semanas devido à ameaça do COVID-19. Este voo marca o trigésimo aniversário do patrocínio da ICEJ às famílias judias da antiga União Soviética.

A ICEJ também está patrocinando os voos de 72 judeus etíopes programados para pousar na manhã de terça-feira a partir de Adis Abeba. Eles serão levados ao centro de absorção Beit Alfa e entrarão em quarentena por 14 dias também. Além disso, o ICEJ financiará cestas de presentes da Páscoa com alimentos, jogos, materiais de aprendizado e outros itens para essas e outras famílias judias etíopes recém-chegadas, como parte de seu processo de integração durante a próxima temporada de festas.

Enquanto isso, a ICEJ tem sete funcionários cristãos e voluntários em Haifa que ajudam a embalar e entregar caixas de comida para centenas de idosos da cidade, incluindo muitos sobreviventes do Holocausto que estão confinados em suas casas como precaução de saúde.

A equipe da ICEJ também foi especialmente incumbida de fornecer alimentos e cuidados diários, incluindo exames médicos, para os 70 residentes em sua casa de Haifa para sobreviventes do Holocausto, que também devem permanecer em seus quartos. Esses esforços, realizados em parceria com a instituição de caridade israelense Yad Ezer L'Haver, receberam menção e elogios do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu em um de seus briefings diários à imprensa sobre o coronavírus na semana passada.

Além disso, a equipe da ICEJ em Jerusalém empacotou e entregou caixas de alimentos na semana passada a vários israelenses idosos e deficientes, que são regularmente tratados por sua equipe de enfermeiras especializadas.

Na próxima semana, a Embaixada Cristã também terá funcionários trabalhando com as instituições de caridade Latet e Ezrat Avot para embalar e entregar caixas de comida às portas da frente de centenas de idosos israelenses que devem permanecer em suas casas para evitar a contaminação com o vírus.

"Estamos trabalhando dentro das regras estabelecidas pelo Ministério da Saúde para ajudar os israelenses o máximo que pudermos neste momento preocupante que enfrenta o mundo inteiro", disse o Dr. Bühler. "Sabemos que é em momentos difíceis como esses que nossos esforços para abençoar e confortar Israel contam mais".