Anterior

ANTERIOR

Cristãos mostram marcas de torturas realizadas em prisões comunistas, na China

10/07/2020

Universo Cristão

Kanye West paga faculdade da filha de George Floyd

Ele também doou US$ 2 milhões a outras famílias

Fonte: Guia-me / com informações CNN / Foto: Gilbert Carrasquillo / Yahoo | 05/06/2020 - 09:10
Kanye West paga faculdade da filha de George Floyd

Kanye West adiantou o pagamento das mensalidades da universidade da filha de George Floyd, após o homem ser morto por um policial, no dia 25 de maio, em Minneapolis (EUA).

Um representante de West confirmou à CNN que o rapper estabeleceu um plano educacional para cobrir totalmente os custos da faculdade da pequena Gianna Floyd, que hoje tem 6 anos.

Ele também fez uma doação de US$ 2 milhões que será distribuída entre as famílias de Floyd, Ahmaud Arbery e Breonna Taylor. A CNN diz que isso inclui honorários legais para as famílias de Arbery e Taylor e será usado para apoiar negócios de propriedade de negros em Chicago e outras cidades.

Vídeo amplamente visto mostra Derek Chauvin, um policial de Minneapolis, ajoelhando-se no pescoço de Floyd para sufocá-lo e ignorando seus pedidos de ajuda durante uma detenção na semana passada. Chauvin é acusado de assassinato em segundo grau e homicídio culposo em segundo grau. Os outros três policiais que estavam presentes no local são acusados de cumplicidade nos crimes.

Ahmaud Arbery foi morto no dia 23 de fevereiro depois que Travis McMichael, 34 anos, e seu pai, Greg McMichael, 64 anos, o perseguiram depois de vê-lo correndo no bairro da Geórgia. Um juiz decidiu na última quinta-feira (4) que o caso os três réus - incluindo William "Roddie" Bryan, que gravou o tiroteio - são culpados pelo crime de assassinato e o caso avançará para o tribunal.

Já Breonna Taylor foi morta a tiros pela polícia em março, quando detetives de narcóticos bateram na porta da frente de sua casa, no estado da Louisiana. Nenhuma droga foi encontrada na residência da mulher. Isso levou a uma revisão de como a polícia de Louisville conduz mandados de busca, de acordo com a Associated Press.

Violência

Usando a morte de Floyd como pretexto, protestos violentos com vandalismo e roubos a lojas têm se espalhado por todo o território dos EUA. Estabelecimentos comerciais e até mesmo igrejas estão sendo atacadas por vândalos.

Porém Terrence Floyd, irmão de George Floyd, saiu às ruas recentemente para orar e condenar os protestos violentos, lembrando que seu irmão era um homem que pregava a paz e não gostaria de ver violência nas ruas usando seu nome como pretexto.

"Meu irmão se mudou de Houston para cá", disse Terrence. "Eu sei que ele não gostaria que todos vocês estivessem fazendo isso ... Isso não trará meu irmão de volta."

“Minha família é pacífica. Minha família é temente a Deus. E sim, estamos muito tristes”, ele disse.