CPADNews

Casal cristão é liberto na Somalilândia

Eles foram presos com materiais cristãos e agora estão em liberdade em um país seguro

Casal cristão é liberto na Somalilândia

A Portas Abertas noticiou que um casal foi preso na Somalilândia, após a polícia encontrar materiais cristãos na residência, onde viviam com os três filhos. Embora a Somalilândia tenha declarado independência em 1991, ainda pertence oficialmente à Somália, fazendo fronteira com Djibuti, Etiópia e com o estado da Puntlândia, um estado da Somália. A disseminação do evangelho na região é proibida e, os cristãos que a fizerem poderão enfrentar perseguição das autoridades, que encorajam os cidadãos a denunciarem os seguidores de Cristo.

Após a prisão, o casal compareceu ao tribunal do país por diversas vezes. As acusações feitas contra eles seriam julgadas em uma audiência no dia 24 de outubro. No entanto, o promotor pediu uma prorrogação de duas semanas para decidir como proceder. Mas no dia primeiro de novembro, o tribunal regional ordenou a deportação do casal.

Segundo o advogado dos cristãos, a decisão foi tomada após representantes do governo europeu debaterem o caso com o Ministério de Assuntos Religiosos. No dia 5 de novembro, o casal viajou para a Somália, juntamente com o filho mais novo. Esta semana, os três se mudaram para um país seguro, onde encontraram os dois filhos mais velhos. Agora, o casal vive em segurança com toda a família.

Desde 2019, a Somália ocupa o 3º lugar na Lista Mundial da Perseguição (LMP), onde a perseguição ocorre em nível extremo e a violência contra os seguidores de Jesus é muito alta. O país encontra dificuldades para centralizar o governo, já que muitos clãs e milícias competem entre si, pressionando cada vez mais os cristãos.

Pedidos de oração

- Agradeça a Deus pela libertação do casal e interceda para que superem o trauma e tenham a fé fortalecida em Cristo.

- Ore pelos cristãos na Somalilândia, para que o Senhor dê força e coragem para continuarem propagando a palavra, apesar da perseguição.

- Clame para que Deus visite os governantes do país, para que tenham a vida transformada e passem a propagar o Evangelho.

 

Fonte: Portas Abertas