CPADNews

Pastor livra casal das mãos de traficantes no RJ

No momento que soube do casal, o pastor estava na Escola Dominical de sua igreja, estudando sobre seguir o exemplo de Jesus

Pastor livra casal das mãos de traficantes no RJ

Foi durante o estudo da 9ª lição da revista Lições Bíblicas de Escola Dominical da CPAD, a qual aborda a temática "O ministério de pastor", que Márcio Ricardo, viu seu ministério pastoral ser confirmado mais uma vez.

O pastor Márcio Ricardo dos Santos é presidente da Assembleia de Deus Ministério Portas Abertas no Sarapuí, Duque de Caxias (RJ), e compartilhou uma experiência que marcou sua vida durante a ministração da lição bíblica do último domingo (30 de maio) em sua igreja.
 
No momento em que o professor da Escola Dominical enfatizava que os pastores precisam seguir o exemplo do nosso Sumo Sacerdote, que é o Senhor Jesus Cristo, alguém entrou na igreja informando que um casal estava sob poder de traficantes da região, para apanhar ou para  morrer. Foi aí que o pastor Márcio Ricardo, juntamente com o vice-presidente da igreja, o evangelista João Carlos, e a irmã Joelma, decidiram ir até o tráfico orar e interceder por aquelas vidas.

O casal, cuja identidade preservaremos nesta matéria, possui vício em drogas e em bebidas alcóolicas, e estavam aguardando o chefe do tráfico chegar para "finalizar o caso". O homem havia agredido a mulher, que revidou com uma tijolada e acabou em uma sequência de agressões até irem parar sob o julgamento do tráfico.

O pastor conta que a igreja está localizada na região há 12 anos e, por enfrentarem situações parecidas em outras ocasiões, já adquiriram uma certa experiência nesse tipo de situação.

"Coloquei Jesus na frente e fomos. Chegando lá, conversei e consegui que liberassem o casal, mas avisaram que numa próxima eles já sabem o que vai acontecer. Então, decidimos prestar toda assistência possível", contou.

O casal mora em um quartinho dentro da comunidade, mas pastor Márcio conta que, ao serem liberados pelos traficantes, ele não os deixou irem direto para casa, mas os levou para o culto. Lá, a mulher aceitou a Jesus. O homem, que ainda estava sob efeito de álcool, não se rendeu, mas a igreja se colocou à sua disposição.

Após o culto, o pastor e sua equipe ainda acompanharam o casal até a casa deles, onde oraram e conversaram mais, e a mulher demostrou interesse de realmente se firmar na presença do Senhor Jesus.

"Sentimo-nos felizes porque sabemos que investir em vidas não tem preço. Investir em vidas é satisfação, é fazer aquilo que nosso Senhor Jesus Cristo nos ordenou. Não importa a cor, o tamanho, a religião, o momento. É o nosso papel, quando aceitamos cumprir o pastorado. Nós sabemos que vamos passar por provações, mas estou muito feliz, pois, mais uma vez, Deus nos usou e fomos úteis para alguém, e o nome do Senhor Jesus foi glorificado".

Pastor Márcio Ricardo afirma que essa experiência falou alto ao seu coração por ter tido a oportunidade de colocar em prática todo ensinamento que ele estudava naquele mesmo dia. “Marcou muito a minha vida, pois foi uma lição bíblica da revista, e tudo isso aconteceu justamente em um dos últimos domingos do fechamento do semestre da Escola Dominical", enfatiza o líder.

 

Redação CPADNews.
01/06/2021