CPADNews

Morre o pastor Oscar Domingos de Moura, presidente da CONFRADEESTO

Aos 90 anos, pastor Oscar deixa sua esposa, a irmã Nilce de Moura, e seus oito filhos

Morre o pastor Oscar Domingos de Moura, presidente da CONFRADEESTO

Morreu na noite da última sexta-feira (19), aos 90 anos, o pastor Oscar Domingos de Moura, presidente da Convenção Fraternal das Assembleias de Deus do Estado do Espírito Santo e Outros (Confradeesto) e conselheiro vitalício da CPAD. Pastor Oscar deixa sua esposa, a irmã Nilce de Moura, e seus oito filhos.

Um culto fúnebre foi realizado na tarde de sábado (20), no templo da Assembleia de Deus Jardim Colorado, em Vila Velha (ES). O sepultamento se deu às 15h do mesmo dia, no Cemitério Parque da Paz, em Ponta da Fruta, Vila Velha.

A Convenção Geral dos Ministros da Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Brasil (CGADB), na pessoa do seu presidente, pastor José Wellington Costa Júnior, juntamente com a esposa Lídia Dantas Costa, presidente da União de Esposas de Ministros das Assembleias de Deus (UNEMAD), emitiu uma nota de condolência pela partida do presidente da Confradeesto e externou sentimentos à família, à igreja e à Convenção do veterano pastor Moura.

Ainda na sua infância, no interior  do estado do Espírito Santo, na cidade de Afonso Claudio, Oscar Domingos trabalhava ajudando seu pai como ajudante de pedreiro. Posteriormente, ele ingressou no Exército Brasileiro, onde foi oficial do 38º batalhão de Infantaria até o ano de 1953.

Domingos atuou ainda como jogador de futebol, onde ganhou um título em 1954 pelo Clube do Vitória, e logo após ingressou na Companhia da Vale, onde trabalhou até sua aposentadoria.

Seu encontro com o Senhor Jesus aconteceu aos 35 anos de idade. Ele aceitou a Cristo como seu Salvador na Assembleia de Deus em Vera Cruz, na cidade de Cariacica, sendo batizado nas águas no mesmo ano.

Entre os anos de 1973 a 1978, pastoreou uma congregação do campo da Assembleia de Deus no Aribiri ainda como diácono. Ele foi consagrado como pastor em 1977, por meio do pastor Edmundo Alves de Oliveira. No ano de 1976, ele fundou uma congregação ligada ao campo de Aribiri; e em 1980, recebeu então a emancipação da Assembleia de Deus de Jardim Colorado, a qual dirigia, e seguiu trabalhando para o crescimento da obra, que se tornou a Assembleia de Deus Ministério de Jardim Colorado, que possui 54 congregações.

O pastor Oscar ingressou na Convenção das Assembleias de Deus no Estado do Espírito Santo (Cadeeso) em 1985, tendo sido várias vezes presidente da entidade.

Conselheiro vitalício da Casa Publicadora das Assembleias de Deus no Brasil (CPAD), pastor Oscar chegou a exercer também o cargo de vice-presidente da CGADB.

Em 2018, se desligou da Cadeeso para fundar a própria convenção, chamada Confradeesto – Convenção Fraternal das Assembleias de Deus do Estado do Espirito Santo e Outros.  Em abril do ano seguinte, a Confradeesto recebeu o voto de aprovação da CGADB sob o nº 72 em Belém do Pará, onde foi homologada, comportando atualmente cerca de mil ministros filiados. Nela, o pastor Oscar Moura dedicou-se à obra do Senhor até o fim de sua vida na terra.


 

 

Redção CPAD News/ Com informações Confradeesto - Fotos: Reprodução/Confradeesto