CPADNews

Divulgado o calendário de pagamento do abono salarial de 2022

Dinheiro será liberado de 8 fevereiro a 31 de março

Divulgado o calendário de pagamento do abono salarial de 2022

O Ministério do Trabalho e Previdência divulgou que cerca de 22 milhões de brasileiros receberão, neste ano, o abono salarial, com valor total de mais de R$ 20 bilhões. 
 
Os trabalhadores do setor privado, inscritos no PIS, receberão o abono salarial no período de 8 de fevereiro a 31 de março, pela Caixa, enaquanto que os servidores públicos, militares e empregados de estatais, inscritos no Pasep, receberão de 15 de fevereiro a 24 de março, pelo Banco do Brasil.
 
Os demais beneficiários receberão os valores por meio da poupança social digital, que pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Caso não seja possível a abertura da conta digital, o saque poderá ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas, Caixa Aqui ou agências, também de acordo com o calendário de pagamento escalonado por mês de nascimento.
 
O trabalhador, a receber o pagamento do abono do Pasep, que não for correntista do BB pode efetuar a transferência via TED para conta de sua titularidade via terminais de autoatendimento e portal www.bb.com.br/pasep ou no guichê de caixa das agências, mediante apresentação de documento oficial de identidade.
 
Confira abaixo as datas de pagamento:
 
Trabalhadores da iniciativa privada que recebem pela Caixa Econômica Federal
 
Mês de nascimento Data do pagamento
 
Janeiro - 8 de fevereiro
Fevereiro - 10 de fevereiro
Março - 15 de fevereiro
Abril - 7 de fevereiro
Maio - 22 de fevereiro
Junho - 24 de fevereiro
Julho - 15 de março
Agosto - 17 de março
Setembro - 22 de março
Outubro - 24 de março
Novembro - 29 de março
Dezembro - 31 de março
 
Trabalhadores do setor público, que recebem pelo Banco do Brasil
 
Final da inscrição Data do pagamento
 
0 - 15 de fevereiro
1 - 15 de fevereiro
2 - 17 de fevereiro
3 - 17 de fevereiro
4 - 22 de fevereiro
5 - 24 de fevereiro
6 - 15 de março
7 - 17 de março
8 - 22 de março
9 - 24 de março
 
Terá direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS/PASEP há, pelo menos, cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por, no mínimo, 30 dias no ano-base considerado para a apuração, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.
 
Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).
 
 
Com informações: Agência Brasil / Foto: Divulgação/Internet (11.01.22)