CPADNews

Colômbia comemora 211 anos de Independência

Segundo Portas Abertas, o país é o 30º na Classificação a Perseguição Religiosa 2021

Colômbia comemora 211 anos de Independência

Hoje é celebrada a Independência da Colômbia, que aconteceu há 211 anos atrás. O país, que é o quarto maior da América do Sul, possui recursos naturais significativos e a cultura reflete a origem indígena, espanhola e africana do povo. Também possui uma sociedade altamente estagnada e famílias tradicionalmente ricas de descendência espanhola. Mas, mesmo assim, os cristãos da Colômbia vivem uma realidade hostil.

Perseguição aos cristãos na Colômbia 

A Colômbia ocupa a 30ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2021. No país da América Latina, seguidores de Jesus são ameaçados, assediados, extorquidos e até assassinados como resultado da violência cometida por guerrilheiros e outros grupos criminosos, especialmente nas áreas mais remotas do país. Essa situação encoraja a autocensura, fazendo com que muitos cristãos não compartilhem a fé por medo e a vivam em segredo. 

Qualquer prática diferente dos costumes tribais tradicionais é proibida. Também é comum que os cristãos sejam monitorados, ameaçados, pressionados, excluídos das atividades da comunidade, punidos por meio de casamento forçado (especialmente para mulheres) e proibidos de fazer negócio com outros membros da comunidade. Em áreas de atuação de redes criminosas, como os grupos detêm poder e autoridade, eles monitoram e perseguem cristãos, além de sequestrarem qualquer um que represente ameaça a eles. 

Cristãos na Colômbia são monitorados, ameaçados, pressionados, além de enfrentarem outros tipos de perseguição por causa da fé

Histórico de perseguição 

Em abril, uma greve começou no país e só teve fim no dia 15 de junho. No entanto, vários grupos se declararam contra a medida pelo fim da greve. Eles continuaram com as manifestações, causando tumultos e vandalismo que terminaram em violência. Como forma de protesto, muitas igrejas foram atacadas. Neiva, capital de Huila, é uma das cidades que ainda experimenta violência devido à greve. Em 23 de junho manifestantes entraram em confronto com a força pública do país e jogaram coquetéis molotov no templo da Igreja Cristã Filadélfia. 

Além disso, nos últimos meses as igrejas em Buenaventura foram impactadas pelas ameaças e abusos de diferentes grupos armados ilegais que operam na área. Líderes da igreja e voluntários continuaram a missão pastoral, apesar da violência provocada pela presença de cartéis de drogas rivais e outras organizações criminosas.  

Os tiroteios entre grupos ilegais e forças governamentais chamadas para controlar a violência são comuns na região. Uma mulher cristã que estava saindo de uma reunião de oração e jejum na igreja no momento do tiroteio conseguiu desviar de um tiro vindo em sua direção. A bala atravessou a bolsa e a Bíblia, fazendo um buraco nas páginas do livro sagrado.

Encoraje cristãos na Colômbia 

Na Colômbia, os pais cristãos temem pelo futuro dos filhos, já que grupos guerrilheiros observam as crianças para recrutá-las para o crime. O Abrigo Lar Cristão, mantido pela Portas Abertas, traz esperança para esses pais e filhos. Nele, as crianças e adolescentes têm acesso tanto aos fundamentos da fé cristã como à educação secular. Eles precisam de encorajamento para se manterem firmes na fé em Jesus e terem esperança e chance de um futuro melhor. Sua doação permite que essas crianças sejam protegidas enquanto recebem educação e cuidado integral. Envie um cartão para os internos do Abrigo Lar Cristão e para aqueles que vivem em regiões onde há perseguição aos seguidores de Jesus. 

 

Fonte: Portas Abertas (20.07.21)