CPADNews

Enfermeira cristã é libertada no Mali

Segundo comunicou Portas Abertas, ela foi sequestrada em 2017 por extremistas no na região sul do país

Enfermeira cristã é libertada no Mali

O governo do Mali confirmou a libertação da colombiana Gloria Cecilia Narváez Argoti, neste sábado (9). Em fevereiro de 2017, a Portas Abertas comunicou que a cristã havia sido levada por extremistas islâmicos na região sul do país.

A religiosa foi sequestrada por militantes da facção Frente de Libertação de Macina, um grupo terrorista ligado à Al-Qaeda. Ela foi detida na vila de Karangasso, perto da fronteira de Burkina Faso e levada em um veículo da própria igreja. Junto dela havia outras três cristãs que também realizavam missões naquela região, mas somente ela foi levada pelos extremistas islâmicos armados. 

Durante esse período, ela conseguiu se comunicar com a família, que enviava cartas que chegavam ao cativeiro e soube da morte da mãe na Colômbia aos 87 anos. Segundo o jornal colombiano El Tiempo,  existia uma preocupação com o estado de saúde da cristã.

O presidente interino do Mali, Assimi Goita, anunciou a libertação da missionária pelo Twitter e agradeceu às forças de segurança por sua participação na operação. 

 

Da Redação do CPAD News /Com informações Portas Abertas (11.10.21)