CPADNews

Grupo terrorista é responsabilizado por dois atentados em Uganda

ADF é um grupo extremista islâmico que se originou no oeste de Uganda, e atualmente opera no leste da República Democrática do Congo

Grupo terrorista é responsabilizado por dois atentados em Uganda

Duas recentes explosões na capital de Uganda, Kampala, estão sendo investigadas pela polícia do país.

No último sábado (23), uma explosão em um bar, causou a morte de uma garçonete de apenas 20 anos de idade, e deixou várias pessoas feridas. O outro atentado à bomba aconteceu na segunda-feira (25), em um ônibus, onde o homem-bomba foi morto e diversas pessoas feridas.

Segundo o porta-voz da polícia, Fred Enan, o homem-bomba tinha 23 anos, e estava na "lista de procurados” entre os integrantes das Forças Democráticas Aliadas (ADF).

“Acreditamos firmemente que os agressores fazem parte das células adormecidas do país, inspiradas pelo ADF em estreita colaboração com o Estado Islâmico”, afirmou Enan, em um comunicado à imprensa.

O ADF é um grupo extremista islâmico que se originou no oeste de Uganda, e atualmente opera no leste da República Democrática do Congo.

A ICC ressaltou que no mês de março, o Departamento de Estado dos EUA designou a ADF como Organização Terrorista Estrangeira e a classificou como ISIS-RDC. O grupo tem freqüentemente atacado, sequestrado e matado os cristãos, com o objetivo de criar um califado islâmico na África Central.

 

CPAD News/ Com informações International Christian Concern (ICC) - Foto: ICC