CPADNews

Ataques a casas e igrejas forçam fuga de cristãos em Mianmar

Os seguidores de Cristo estão vivendo em florestas para fugir dos conflitos no estado de Chin

Ataques a casas e igrejas forçam fuga de cristãos em Mianmar

A situação dos cristãos se agravou em Mianmar, desde que os militares tomaram o poder no país. Principalmente dos que vivem no estado de Chin, de maioria cristã. O resultado das destruições de igrejas e casas é o deslocamento de fieis que fogem para a selva e vivem em más condições.

O governo do país enviou tropas para as regiões montanhosas com o objetivo de combater a Frente Nacional Chin, que é composta por pessoas que lutam contra a ditadura militar. As ações na região já resultaram em saques, bombardeios, invasões de igrejas e morte de um pastor local. 

Em 29 de outubro, mais de 130 casas e as igrejas da rocha e presbiteriana foram incendiadas na cidade de Thanthlang Township. Todos os moradores fugiram devido às ameaças e violência e não teve quem ficasse para apagar os incêndios. 

 

Com informações Portas Abertas (08.11.21)