CPADNews

Pequim fecha escola cristã, e centenas de alunos são privados de educação

Partido Comunista Chinês tem intensificado a repressão às igrejas não registradas e institutos religiosos desde 2018

Pequim fecha escola cristã, e centenas de alunos são privados de educação

Autoridades chinesas fecharam uma escola cristã no distrito de Tongzhou de Pequim, no mês de setembro, deixando centenas de estudantes sem estudar.

De acordo com a China Aid, as autoridades do distrito de Tongzhou  ordenaram  que  a Golden Reed Kindergarten & Primary School Learning Center desocupasse a propriedade, e fecharam a escola.

Ainstituição de ensino foi fundada pela Golden Lampstand Church em Pequim, e tem servido famílias cristãs fornecendo creche, jardim de infância e ensino fundamental para mais de cem alunos.

Além de possuir um campus bem equipado com sua própria cozinha, playground, academia e biblioteca, a escola cristã é também uma opção para muitos alunos que são discriminados nas escolas públicas, por portarem alguma limitação física, ou necessidades especiais.

Além de privar os alunos do aprendizado, a medida tomada pelas autoridades, também resulta em grande prejuízo para escola, que foi forçada a abandonar suas instalações.

Conforme ressaltado pela UCA News, grupos de direitos humanos relatam que a repressão às igrejas e organizações cristãs, inclusive instituições de caridade, escolas e orfanatos, se intensificou desde 2018, quando o Partido Comunista Chinês (PCC) adotou novos regulamentos repressivos sobre assuntos religiosos .

Em outubro, a International Christian Concern (ICC), também relatou diversos ataques a outras escolas cristãs nas províncias de Jiangsu, Zhejiang e Guangdong. O ensino em casa realizado pela Igreja Early Rain Covenant em Sichuan também foi repetidamente invadido. 

 

CPAD News/ Com informações  UCA News, China Aid e ICC - Foto: China Aid