CPADNews

Jovem cristã foge de casa para praticar a fé

Após deixar o islã para seguir a Jesus, ela foi ameaçada de morte pelo pai

Jovem cristã foge de casa para praticar a fé

Charlotte, uma jovem ex-muçulmana de 12 anos da República Centro-Africana, se converteu ao cristianismo através de uma pregação do tio. Quando o pai da menina soube que ela deixou o islã, ele a ameaçou de morte, mas ela permaneceu firme na fé. Percebendo que a ameaça não funcionaria, ele planejou que ela se casasse com um influente empresário muçulmano de 45 anos. 

A igreja local achou mais seguro que ela fugisse. Parceiros da Portas Abertas forneceram assistência financeira para permitir que a adolescente continuasse a estudar e tivesse as necessidades supridas. Com o apoio financeiro e morando com uma tia longe de onde vivia, Charlotte completou 13 anos, voltou a estudar e conseguiu concluir o 4º ano.  

A tia de Charlotte usou parte do dinheiro que recebeu por meio da Portas Abertas para abrir um pequeno negócio para ajudá-la a atender às necessidades da família e da sobrinha. Ela abriu uma barraca em frente à casa em que vivem e vende coisas como farinha de mandioca, cebola, amendoim, óleo de palma, entre outros itens. 

Charlotte participa dos encontros semanalmente em sua igreja local e está ativa na escola dominical. "Estou feliz por estar aqui. Posso orar livremente sem medo e com as outras crianças. Podemos orar e cantar juntas. Isso não era possível quando eu ainda estava em Bria”, contou Charlotte.  

 

Com informações: Portas Abertas (14.01.22)